O que é terrorismo

terrorismo
© istockphoto.com /Passigatti

Terrorismo é uma forma de ação individual ou em grupo que faz o uso sistemático da violência para criar um temor generalizado na população, combater o poder estabelecido e pressionar governantes e a sociedade em relação a um determinado objetivo político de quem o pratica. Ele normalmente é usado quando uma vitória militar ou política mostra-se impossível e alguns cientistas sociais o classificam como "arma dos mais fracos". O terrorismo tem sido praticado por organizações políticas ligadas tanto ao ideário da direita quanto ao da esquerda, por fundamentalistas religiosos, movimentos revolucionários ou nacionalistas e também pelo estado, principalmente em regimes totalitários, através do uso das forças armadas, da polícia e dos serviços de inteligência. O termo "terrorismo" surgiu durante a Revolução Francesa para qualificar o uso do terror pelos revolucionários contra seus oponentes, com as perseguições e execuções em massa na guilhotina. Juridicamente não há um consenso na definição de terrorismo e ela varia de país para país. A maior parte deles trata o terrorismo, independente de suas razões, como uma simples atividade criminosa. No entanto, esse é um enquadramento limitado, já que durante o século 20 desenvolveu-se uma espécie de terrorismo transnacional, em que as organizações que o praticam muitas vezes contam com o suporte de um estado nacional. Entre as principais organizações terroristas estão os grupos fundamentalistas islâmicos Al Qaeda e Movimento de Resistência Islâmica (Hamas) e os grupos nacionalistas Pátria Basca e Liberdade (ETA) e Exército Republicano Irlandês (IRA).

Assuntos relacionados