O que é teosofia

teosofia
Reprodução
Madame Blavatsky

Teosofia é uma mistura de religião e filosofia que tem suas raízes no neoplatonismo e no gnosticismo. O termo "teosofia" deriva de palavras gregas cujo significado é "sabedoria divina" e formas dessa doutrina são encontradas na Antiguidade e na Idade Média. Mas foi a partir do século 19 que a teosofia constituiu-se em um movimento mais influente, principalmente junto à maçonaria e à Ordem Rosacruz. No século 20, a teosofia teve forte influência sobre o movimento New Age, principalmente na Europa. A teosofia contemporânea surgiu com a fundação da Sociedade Teosófica em Nova York em 1875 pela aristocrata russa Helena Blavatsky, pelo advogado e estudante de espiritualismo Henry Olcott e por William Judge. Nos anos seguintes, eles estabeleceram várias "filiais" na Índia (para onde levariam a sede do movimento), na Europa e na América do Norte. Uma outra vertente chamada de Seção Esotérica da Sociedade Teosófica foi fundada em Londres em 1888. A teosofia dá ênfase às experiências místicas e seus objetivos declarados são formar um núcleo de irmandade universal, sem distinção de raça, credo, sexo, classe social ou cor, encorajar o estudo comparativos da religião, filosofia e ciência e investigar as leis inexplicáveis da natureza e os "poderes latentes" nos seres humanos.

Assuntos relacionados