Fusos horários

Autor: 
Marshall Brain

Todas as pessoas do planeta querem que o sol esteja no ponto mais alto do céu (cruzando o meridiano) ao meio-dia. Isso seria impossível caso só existisse um fuso horário, porque a Terra gira 15 graus a cada hora. A idéia por trás da existência de vários fusos horários é dividir o mundo em 24 pedaços de 15 graus e ajustar os relógios de acordo com cada fuso. Todas as pessoas de um determinado fuso ajustam seus relógios da mesma forma e cada fuso fica com um horário diferente do outro.

Na porção continental dos Estados Unidos existem quatro fusos horários (clique aqui para ver o mapa - em inglês): Oriental, Central, Montanha e Pacífico. Quando é meio-dia no fuso Oriental, são 11 da manhã no Central, 10 no fuso Montanha e 9 no Pacífico.

Todos os fusos horários são medidos a partir de um ponto central no Observatório de Greenwich, na Inglaterra. Esse ponto é conhecido como o Meridiano de Greenwich ou o Meridiano Principal (ou de origem). O tempo no Meridiano de Greenwich é conhecido como relógio de Greenwich, horário médio de Greenwich ou hora de Greenwich. O fuso horário oriental nos Estados Unidos é o horário médio de Greenwich menos cinco horas. Quando lá o relógio mostra meio-dia, são 5 horas da tarde no Observatório de Greenwich. A linha internacional de mudança de data é localizada no lado oposto do planeta, a partir do Observatório de Greenwich.

Por que o Observatório de Greenwich é tão importante? Em uma conferência em 1884, vários astrônomos declararam que o Observatório de Greenwich é o meridiano principal. O interessante é que o observatório mudou para Sussex na década de 50, mas o local original continua sendo o meridiano principal.

Fusos do Brasil

O Brasil tem três fusos horários. A maior parte das cidades adota o mesmo horário de Brasília. Os Estados do Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul marcam uma hora a menos que Brasília e o território de Fernando de Noronha, no Atlântico, uma hora a mais. Até abril de 2008, Acre, Amazonas e Pará tinham dois fuso horários, o que acabou extinto.