O problema da população

Autor: 
Ed Grabianowski

Enquanto uma população cresce, ela é colocada sob pressão. Essa pressão pode vir de uma escassez de recursos para alimentar, prover habitação e serviços; doenças; guerra; ou por falta de espaço. A pressão pode ser aliviada pela migração. Guerras, doenças e fome também reduzem a pressão eliminando uma porção da população. De fato, a base das famosas teorias populacionais de Thomas Malthus é que a população  inevitavelmente irá aumentar além da capacidade da Terra de mantê-la, resultando em pressões auto-corretivas.

A idéia de Malthus é conhecida como "a Bomba Populacional" (ou Teoria Populacional Maltusiana) e obteve popularidade com o crescimento do movimento ambiental dos anos 70. Temores de superpovoamento mundial são baseados em vários fatores:

  • incapacidade de produzir comida suficiente para alimentar as populações;
  • espaço insuficiente para todos;
  • danos ao ambiente (a destruição do ecossistema reduz a capacidade de produzir comida);
  • falta de infra-estrutura social para cuidar de todas as pessoas.

­ ­

indian women get water­
NOAH SEELAM/AFP/Getty Images
A imensa e crescente população indiana está colocando uma severa restrição em todos os recursos naturais do país

Nossa vulnerabilidade a esses fatores é baseada na densidade populacional, o número de indivíduos por unidade de área. Desde a Revolução Industrial, a urbanização causou um grande aumento da densidade populacional das cidades. A maior densidade populacional provavelmente já ocorrida foi na área de Kowloon Walled City de Hong Kong (em inglês) Em certo ponto, cerca de 50 mil pessoas viviam em um mega bloco de cerca de 150 x 200 metros de área [source: Tofu Magazine (em inglês)]. O distrito sem leis foi evacuado e derrubado para se construir um parque. Hoje, as áreas de maior densidade populacional são obviamente as áreas urbanas principais. Índia (em inglês) e China (em inglês) possuem grandes áreas de densidade populacional intensamente alta [fonte: NASA Visible Earth (em inglês)].

Enquanto a densidade populacional de algumas áreas aumenta, ela se aproxima do que é conhecido como capacidade de sustentação. Esse é o número máximo de indivíduos que uma área é capaz de suportar em termos de recursos disponíveis. Para os animais, isso é fácil de se calcular. Uma cabra, por exemplo, precisará de 50 jardas quadradas de pasto para sobreviver. Uma área de 200 jardas quadradas possui, então, uma capacidade de sustentação de quatro cabras. Calcular a capacidade de sustentação dos seres humanos é muito mais complexo. Podemos utilizar a tecnologia para melhorar a produção de recursos. Podemos enviar recursos de outras áreas, ou criar sistemas de saneamento e outra infra-estrutura para suportar uma densidade maior.

 

Morte Negra

Os séculos 12 e 13 tiveram a chamada era da Morte Negra, praga que matou um número estimado em 20 a 30 milhões de pessoas, somente na Europa (em inglês) Algumas cidades foram quase completamente extintas [fonte: AVMA (em inglês), Knox (em inglês)]. Os historiadores suspeitam de que uma outra praga ocorrida no século 5, (a Praga de Justiniano) pode ter matado 100 milhões de pessoas - metade da população mundial daquela época [fonte: Bishop (em inglês)].