Como funciona o jogo do bicho

Autor: 
Luís Indriunas


©2007 HowStuffWorks

Se você sonhar com crianças, o negócio é jogar no coelho. Se no sonho houver uma traição, a aposta deve ser na cobra. A cultura brasileira está cheia de dicas para se jogar no bicho. Secular no Brasil, o jogo do bicho é extremamente popular. E há várias razões para tal. Além da tradição (o jogo é muito mais antigo que a mega-sena), suas apostas podem ser pequenas, por exemplo, de R$ 0,50 (na mega-sena o menor jogo é de R$ 1,75) e são feitos três sorteios diários, de segunda a sexta (as loterias oficiais têm sorteios com menos periodicidade).

Além disso, sua organização é eficiente, pelo menos, aparentemente. O sorteio dos números no Rio de Janeiro é divulgado rapidamente para todo País, até nos mais longínquos rincões.

Popular, organizado e ilegal. Proibido desde a década de 1940, o jogo do bicho, além dos prêmios, tem seu lado extremamente violento, ligado a outros tipos de contravenção como tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e violência urbana.

Conheça nas próximas páginas a história do jogo, a forma como se joga e as conseqüências funestas da sua ilegalidade.