Informações básicas sobre o Malauí

Malauí

Histórico

Fundado em 1891, Nyasaland ficou conhecido como Malauí quando obteve a independência da Inglaterra em 1964. Foram realizadas eleições em 1994 após 30 anos de governo do presidente Hastings Kamuzu Banda, que estabeleceu um governo unipartidário. O atual presidente, Bingu wa Mutharika, foi eleito em 2004 após a tentativa do ex-presidente de cumprir outro mandato falhar. Em 2005, Mutharika fundou o Partido Progressista Democrático. O presidente Mutharika está comprometido com o estabelecimento de um crescimento econômico significativo em Malauí. Alguns dos desafios atuais que o  Malauí enfrenta incluem o aumento da corrupção, o crescimento da população e a Aids.

Malauí

Malauí

Capital: Lilongwe

Língua oficial: chicheua

Nome oficial: República de Malauí

Descrição
da bandeira:
três faixas horizontais iguais em preto (superior),
vermelho e verde com um radiante sol nascente vermelho centralizado na
faixa preta.

Maior(es) cidade(s): Lilongwe, Blantyre

Área: 118.480 km2

Coordenadas: 13 30 S, 34 E

Fronteiras: cercado de terras por Moçambique, Tanzânia e Zâmbia.

Dados populacionais

  • População: 13.931.831 (julho de 2008).
  • Taxa de natalidade: 41,79 nascimentos por 1.000 habitantes (2008).
  • Taxa de mortalidade: 17,89 mortes por 1.000 habitantes (2008).
  • Grupos étnicos: cheuas, nyanjas, tumbukas, yaos, lomwes, senas, tongas, ngonis, ngondes, asiáticos, europeus.
  • Principais religiões: cristã (79,9%), muçulmana (12,8%), outras (3%), nenhuma (4,3%).
  • Línguas: chicheua, chinyanja, chiyao, chitumbuka, chisena, chilomwe, chitonga,

Economia

A nação densamente povoada de Malauí é altamente subdesenvolvida. A economia malauiense é dominada pela agricultura, já que 85% de sua população reside em áreas rurais. Os problemas enfrentados pelo governo incluem a melhoria das instalações educacionais e condições ambientais.

  • Indústrias: tabaco, chá, açúcar, serrarias, cimento, bens de consumo.
  • Taxa de desemprego: não divulgado.
  • População abaixo da linha da pobreza: 53% (2004).
  • Exportação: tabaco, chá, açúcar, algodão, café, amendoim, produtos de madeira, móveis.
  • Importação: petróleo, alimentos, derivados de petróleo, manufaturados, bens de consumo, equipamento de transporte.

Meio ambiente

  • Porcentagem de área terrestre coberta por florestas: 36,2% (2005).
  • Emissão de dióxido de carbono (em milhares de toneladas métricas de CO2): 1.044 (2004).
  • Proporção total da população que utiliza água tratada: 76% (2006).
  • Proporção total da população que utiliza serviços de saneamento: 60% (2006).

Malauí

Governo

  • Tipo: democracia multipartidária.
  • Sistema legal: baseado no direito consuetudinário inglês e no direito consuetudinário; revisão judicial dos atos do legislativo na Corte Suprema de Apelação; aceita a jurisdição compulsória da ICJ (Corte internacional de Justiça) com reservas.
  • Feriado nacional: Dia da Independência (Dia da República), 06 de julho de 1964.
  • Constituição: 18 de maio de 1994.

Geografia e turismo

  • Localização: sul da África, a lesta da Zâmbia.
  • Clima: subtropical; estação chuvosa (novembro a maio), estação seca (junho a outubro).
  • Principais atrações: praias Chintheche e Nkhotakota.
  • Vacinas: hepatite A, hepatite B, febre tifóide e raiva.
  • Distância do Brasil: 8.340,41 km (a partir de Brasília).
  • Moeda: kwacha malauiense.

Artigos relacionados

 

Fontes