Como funciona a falsificação de dinheiro

Autor: 
Marshall Brain
falsificação de dinheiro

A sedução oferecida pela falsificação é óbvia: imprimir o seu próprio dinheiro e comprar o que quiser com ele. A falsificação é a técnica ideal para aqueles que desejam conseguir algo sem esforço.

Num passado não muito distante, a falsificação era um empreendimento difícil e muito caro. Ela exigia máquinas de impressão gráfica muito grandes e habilidade manual para entalhar desenhos muito elaborados em chapas de metal. A criação de notas falsificadas hoje é muito mais fácil. Com um computador e um scanner, uma etapa importante da produção fica mais fácil. Obviamente, há muitos macetes para identificar uma nota falsa.

No Brasil, a falsificação cresceu depois do plano Real, quando a moeda brasileira voltou a ficar estável. Em 2006, por exemplo, foram apreendidas 606 mil notas falsas, um crescimento de 30% em relação ao ano anterior. A nota de R$ 50 é a preferida dos falsificadores, correspondendo a 70% do total.

Neste artigo conheça algumas das técnicas usadas - e a punição para quem for pego usando-as. Também aprenda a detectar o dinheiro ilegal.