O que é apartheid

apartheid
© istockphoto.com /Poco_bw

O apartheid foi um sistema social, econômico e político que vigorou na África do Sul até 1993. O fundamento desse sistema era um conjunto de leis que impunha uma segregação racial, política e econômica à maioria da população, composta por negros, asiáticos e miscigenados, por uma minoria composta por brancos. O sistema do apartheid, que vinha sendo amparado por leis desde o começo do século 20, intensificou-se a partir dos anos 1950, quando foram colocadas em prática medidas que determinavam quais áreas nas regiões urbanas seriam ocupadas por pessoas de uma determinada cor ou etnia. Isso fez com que 80% do território sul-africano ficasse sob domínio da minoritária população branca. As legislações segregacionistas atingiam todos os aspectos da vida dos sul-africanos. Eram proibidos vários tipos de contatos sociais entre pessoas de cor de pele diferente, os negros não podiam exercer certas atividades profissionais e o padrão educacional destinado a eles era bem mais baixo, além disso, não era permitida a participação de pessoas que não fossem brancas no governo. O grande líder contra o apartheid na África do Sul foi Nelson Mandela que viria a ser o primeiro presidente eleito do país após o fim do regime de segregação. A estrutura social do apartheid foi fundamentada numa disputa histórica entre a classe trabalhadora branca do país contra  a maioria negra e os capitalistas brancos. A vitória dos sindicatos de trabalhadores brancos, cujas premissas políticas eram socialistas, sobre esses rivais levou à implantação desse sistema racista.

Assuntos relacionados